Mateus 6.19-21: Onde está o seu tesouro? Aí está o seu coração.

ONDE ESTÁ O SEU TESOURO?

 Mt 6.19-21

 Introdução

A MULHER E O FILHO

Uma mulher pobre passeava com seu filhinho num bosque quando ouviu um voz que vinha de dentro de uma caverna:

– Aqui dentro há muito ouro, prata e pedras preciosas. Pegue o que quiser.

Meio desconfiada, olhou no interior da caverna e constatou que, de fato, ela estava recheada de tesouros insondáveis.

– Posso mesmo pegar o que quiser?

– Sim, mas, você poderá encher apenas uma sacola e terá apenas dois minutos para escolher o que quer levar. Depois deste tempo, saia correndo, pois a caverna se fechará para sempre com tudo que ainda estiver aqui dentro.

Premida pelo tempo e com tantas opções à sua frente, a mulher escolhia, juntava, trocava, destrocava, ajeitava os objetos na sacola, trocava novamente.

– Agora você tem apenas 10 segundos… 9, 8, 7…

Ela pegou mais umas pedras preciosas.

– 6, 5, 4…

Pegou mais uma bandeja de ouro e saiu correndo.

Já do lado de fora, ainda teve tempo de assistir a entrada da caverna se transformando num imenso paredão de rocha. Olhou a sacola, avaliou o que havia conseguido juntar e concluiu que agora era uma mulher rica e iria poder dar ao seu filho uma vida melhor…

– Meu filho! Meu filho, meu filho…

 

O SÁBIO

Certa vez um sujeito muito rico e que gostava muito de viajar, resolveu fazer uma viagem exótica até o país onde morava o autor de um excelente livro que acabara de ler.

Ao chegar na casa do sábio, ele se surpreendeu com a falta de móveis naquele lugar, e logo que entrou, perguntou:

– Onde estão os seus móveis?

O sábio, de imediato, também lhe perguntou?

– Diga-me você primeiro, onde estão os seus móveis?

– Ora, meus móveis estão na minha casa, respondeu o rico.

O sábio continuou:

– E porque não os trouxe com você?

– Porque estou aqui apenas de passagem.

– Eu, também, assegurou-lhe o sábio.

 

Vs. 19:

NÃO ACUMULEIS TESOUROS SOBRE A TERRA

Acumuleis – Thesaurízete (imperativo ativo presente). Tesouro. Entesourar. Acumular riquezas. Estocar.

Tesouros – thesauroús

Jesus não está falando sobre não acumular tesouros. A questão é onde estamos acumulando tesouros. DEVEMOS ACUMULAR TESOUROS.

Estamos acumulando no lugar certo, e da maneira certa?

Ap 2.9: Conheço a tua tribulação, a tua pobreza (mas tu és rico)…

Lc 12.20-21: Louco esta noite pedirão a sua alma, o que tens preparado para quem será? Assim é o que entesoura (thesaurizo) para si mesmo e não é rico para com Deus.

Parábola do Rico e Lázaro (Lc 16.20).

 

ONDE ENTESOURAMOS?

A TRAÇA, FERRUGEM E LADRÕES

Jesus recorre a três imagens:

a) A Traça: No Oriente, parte da riqueza de qualquer homem consistia em roupas custosas e luxuosas. Quando Geazi, o servo de Eliseu, quis obter clandestinamente algum proveito da cura que seu amo tinha efetuado na pessoa de Naamã, pediu-lhe um talento de prata e duas mudas de roupa (2 Reis 5.22). Uma das coisas que tentou Acã a pecar foi um manto babilônico (Josué 7.21). Contudo, as roupas quando guardadas por muito tempo eram comidas por traças e esse tesouro durava pouquíssimo tempo.

b) Ferrugem: A palavra grega traduzida como ferrugem é Essa palavra significa corrosão, aquilo que é comido. A ideia aqui estava mais relacionada aos grãos da colheita que eram estocados, e eram grande fonte de riquezas naquela época (Lc 12.16-20). Mas nesses grãos armazenados podiam entrar carunchos ou roedores, e deste modo se perdia todo o tesouro.

c) Ladrões: Na Palestina a maioria das casas era feita de barro ou tijolo cru, e os ladrões podiam entrar fazendo um buraco na parede. Muitos guardavam seus tesouros em suas casas, e podiam ser surpreendidos quando voltavam aos seus lares em ver toda sua riqueza roubada.

 

TESOUROS NO CÉU

Entesourai no céu. Como?

Sl 5.7: pela riqueza da tua misericórdia (hesed) , entrarei na tua casa

Sl 6913: Responde-me, ó Deus, pela riqueza da tua graça (hesed),

Sl 69.16: volta-te para mim segundo a riqueza das tuas misericórdias (racham)

Romanos 2.4: Ou desprezas a riqueza da sua bondade, e tolerância, e longanimidade, ignorando que a bondade de Deus é que te conduz ao arrependimento?

2Co 8.2: porque no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade.

Efésios 1.7: a remissão de pecados, segundo a riqueza da sua graça (cháritos)

Efésios 1.18: iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória (doxa) da sua herança (kleronomias – eterna bem-aventurança do crente consumada no Reino de Deus) nos santos

 

Riqueza em Mateus 5.1-12:

Afortunados os pobres de espírito – qual riqueza recebem? O Reino dos Céus.

Afortunados os que choram por seus pecados – Serão consolados.

Afortunados os mansos – Herdarão a terra.

Afortunados os que têm fome e sede de justiça – Serão fartos.

Afortunados os misericordiosos – Receberão misericórdia.

Afortunados os limpos de coração – Verão a Deus.

Afortunados os pacificadores – Serão chamados Filhos de Deus.

Afortunados os perseguidos por causa da justiça – Deles é o Reino dos Céus.

 

George Muller:

“O gigante da fé, George Müller (1805-1898), nasceu na Alemanha, e converteu-se com idade de 20 anos numa missão morávia. Foi para a Inglaterra em 1829, onde trabalhou para o Senhor até o final de sua vida.

Em 1830, três semanas depois de seu casamento, Müller e sua esposa decidiram abrir mão de seu salário como pastor de uma pequena congregação, e depender exclusivamente de Deus para suas necessidades. Já desde o início, ele tomou a posição que manteria durante todo o seu ministério, de nunca revelar suas necessidades às pessoas, e de nunca pedir dinheiro de ninguém, somente de Deus. Ao mesmo tempo, decidiu que também nunca entraria em dívida por motivo algum, e que não faria reservas, nem guardaria dinheiro para o futuro.

Durante mais de sessenta anos de ministério, Müller iniciou 117 escolas que educaram mais de 120.000 jovens e órfãos; distribuiu 275.000 Bíblias completas em diferentes idiomas além de grande quantidade de porções menores; sustentou 189 missionários em outros países; e sua equipe de assistentes chegou a contar com 112 pessoas.

Seu maior trabalho foi dos orfanatos em Bristol, na Inglaterra. Começando com duas crianças, o trabalho foi crescendo com o passar dos anos, e chegou a incluir cinco prédios construídos por ele mesmo, com nada menos que 2000 órfãos sendo alimentados, vestidos, educados e treinados para o trabalho. Ao todo, pelo menos dez mil órfãos passaram pelos orfanatos durante sua vida. Só a manutenção destes órfãos custava 26 mil libras por ano. Nunca ficaram sem uma refeição, mas muitas vezes a resposta chegava na última hora. Às vezes sentavam para comer com pratos vazios, mas a resposta de Deus nunca falhava.

No decorrer da sua vida, Müller recebeu o equivalente a sete milhões e meio de dólares, como resposta de Deus. Além de nunca divulgar suas necessidades, ele tinha um critério muito rigoroso para receber ofertas. Por mais que estivesse precisando (pois em milhares de ocasiões não havia recursos para a próxima refeição), se o doador tivesse outras dívidas, se tivesse evidência de que havia alguma atitude errada, ou alguma condição imprópria, a oferta não era aceita.

E mesmo quando tinha certeza de que Deus estava dirigindo para ampliar o trabalho, começar uma outra casa, ou aceitar mais órfãos, ele nunca incorria em dívidas. Aquilo que Deus confirmava como sua vontade certamente receberia os recursos necessários, e por isto nunca emprestava nem contraía obrigações sem ter o necessário para pagar”.

 

 Testamento de João Calvino

“A respeito dos poucos bens terrenos que Deus me deu aqui para dispo-los, eu nomeio e indico como o meu único herdeiro, meu amado irmão Antony Calvino, mas somente como honrado herdeiro, concedendo-lhe o direito de possuir nada mais, senão a taça que ganhei de Monsieur de Varennes, e suplico-lhe que fique satisfeito com isto, como eu estou bem certo de que ele será, pois ele sabe que fiz isto por nenhuma outra razão, senão que o pouco que deixo possa permanecer para os seus filhos. Em seguida, deixo para a Academia dez moedas de cinco xelins, e para o tesouro dos pobres estrangeiros a mesma soma. Igualmente, para Jane, filha de Charles Costan e minha meia-irmã, por assim dizer, por parte de pai, a soma de dez moedas de cinco xelins; e ainda, para cada um de meus sobrinhos, Samuel e João, filhos de meu supracitado irmão, quarenta moedas de cinco xelins; e para cada uma de minhas sobrinhas, Anne, Susannah e Dorothy deixo trinta moedas de cinco xelins. Também para o meu sobrinho David e seu irmão, pois ele tem sido imprudente e inseguro, deixo-lhe, porém, vinte e cinco moedas de cinco xelins como uma punição. Este é o total de todos os bens que Deus me deu, de acordo com o que fui capaz de avaliar e estima-los, quer sejam em livros, mobília, objetos de prata, ou qualquer outra coisa. De qualquer modo, é possível que o resultado da venda remonte a alguma coisa mais, entendo que poderia ser distribuído entre meus citados sobrinhos e sobrinhas, sem excluir David, se Deus tiver lhe concedido graça para ser mais moderado e sério. Mas, creio que a respeito deste assunto não haverá dificuldade, especialmente quanto as minhas dívidas que serão pagas, como tenho encarregado a meu irmão em quem confio, nomeando-o executor deste testamento junto ao respeitável Laurence de Normandie, concedendo-lhes poderes e autoridade para fazer um inventário sem qualquer forma judicial, e negociar minha mobília para levantar dinheiro dela de modo a consumar as orientações deste testamento como ele está aqui firmado por escrito, neste dia

25 de Abril de 1564.

Testemunho com a minha mão,

JOÃO CALVINO”.

 

PAULO

No fim de sua vida:

2Tm 4.6-8: Quanto a mim, estou sendo já oferecido por libação, e o tempo da minha partida é chegado. Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia, e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda.

2Tm 4.9: Procura vir ter comigo depressa. 13: Quando vieres, traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, bem como os livros, especialmente os pergaminhos. 21: Apressa-te a vir antes do inverno.

 

ONDE ESTIVER O SEU TESOURO, ALI ESTARÁ SEU CORAÇÃO

O Coração do homem é uma fábrica de ídolos. Nada nesse mundo pode substituir a Deus em nosso coração.

Onde está o nosso coração? Estamos curvados perante o quê?

 

DOIS MARES DA PALESTINA

A diferença é que o Mar da Galiléia devolve a água que recebe do Rio Jordão, enquanto que o Mar Morto, por ficar abaixo do nível do mar, retém tudo que recebe. Com o passar dos séculos, ele foi acumulando tanto sal em seu leito que a vida ali se tornou impossível.

O mar “generoso” têm vida e proporciona a vida.

O mar “egoísta” não tem nada, só sal e solidão.

 

APLICAÇÃO

Você tem ido às reuniões de oração da tua igreja? Você tem dedicado tempo de oração com sua família e sozinho? Você tem aproveitado as oportunidades de estudo da Bíblia em tua igreja e conferências, palestras e afins? Tem dedicado tempo para o estudo profundo da palavra de Deus? Você tem participado das programações da tua igreja? Faz culto familiar? Investe suas finanças na obra de Cristo?

Se você tem encontrado tempo e dinheiro para outras coisas e não tem feito estas que mencionei, então Deus não é o teu tesouro! Se você investir tempo e dinheiro em coisas terrenas, seu coração estará preso à terra. Se você investir tempo e dinheiro nas coisas do reino, seu coração estará diante de Deus, “porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração”. Assim, seja um investidor inteligente, a fim de não fracassar no final, ouvindo: “Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?” (Lucas 12.20)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: