Gênesis 3.1-10: Vencendo as tentações aprendendo com os que caíram

Vencendo as Tentações aprendendo com os que caíram

Introdução: 

O que o liberalismo fez com a igreja na Europa?

  1. Negou a Palavra de Deus como inerrante. De acordo com Bultmann, a concepção do universo do Novo Testamento é mítica.
  2. Colocou a experiência acima da verdade bíblica. Schleiermacher afirmava que a essência da religião não está no pensamento nem na ação, e sim na intuição e no sentimento.

Como resultado da entrada da Teologia Liberal na Europa, hoje temos um continente pós-cristão. O berço da Reforma Protestante, nossos pais, hoje é um continente a ser evangelizado. Igrejas estão se tornando em boates LGBT, bares e museus.

O Pai do Liberalismo Teológico: Satanás. Ele não precisa destruir a igreja. Usa a estratégia de Balaão. Insere no meio da igreja o pecado, como sendo algo natural.

As tentações vêm de diversas formas. Seja pelo desejo dos olhos, desejo da carne ou soberba da vida. É possível que muitos políticos corruptos, iniciaram suas carreiras políticas com desejos de serem honestos, mas em algum momento cederam às tentações da vida pública. Muitos pais de família caem em infidelidade sem planejar tais coisas.

 

1) O Tentador

Satanás: A Antiga Serpente.

Apocalipse 12.9: E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos.

A) Mais sagaz: prudente como a serpente e símplices como as pombas. Satanás usa as coisas boas que Deus criou para o mal. Usa mãos amigas para oferecer a tentação. A serpente para Eva, Eva para Adão.

B) Hermenêutica Satânica – primeiro coloca dúvida, depois nega.

Então: Satanás questiona a palavra de Deus (Certamente não morrerás).

Questiona a palavra de Deus (amigos de Daniel, não farás para ti imagem de escultura e não se curvará diante delas. Não há desculpas). Se Deus falou está falado.

Ignora o DEUS PACTUAL.

Quando Moisés narra: SENHOR Deus (Yaweh Elohim). Quando Satanás diz: Deus (Elohim). Eva responde com Deus (Elohim).

É radical… Satanás dirá: O pensamento de Paulo teve a influência greco-romana. Ele afirma que a bíblia não é a palavra inspirada.

Dá promessas à parte da palavra de Deus. Subordina a palavra de Deus à palavra de criaturas.

Primeiro conduz para aumentar a proibição, e reduzir o que Deus havia permitido.

Ai daquele que acrescentar ou tirar um til da Palavra de Deus.

Apocalipse 22.18,19: se alguém acrescentar às palavras deste livro alguma coisa, Deus lhe acrescentará as pragas descritas neste livro. Se alguém tirar alguma coisa das palavras proféticas deste livro, Deus tirará dele a possibilidade de salvação.

Deuteronômio 4.2: Não acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do Senhor vosso Deus, que eu vos mando.

SANTO AGOSTINHO: “Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no evangelho que você crê, mas, sim, em si mesmo.

 

C) Há uma gradação. É um processo. 

Nunca começa grande. As promessas são maravilhosas, as consequências são desastrosas.

Coloca o homem no lugar de Deus.

 

Aplicação:

Foco em resultados (pragmático).

Foco em bênçãos materiais (teologia da prosperidade).

Foco em sentimentalismo em detrimento da prática correta das Escrituras (emoções justificam os erros).

 

2) A Queda do Homem Enganado

A) Medo. O Homem manifesta medo. O medo é consequência do pecado. Falta de confiança em Deus. Quis tirar Deus da história. Apesar de termos diversas teorias querendo negar a Deus, o homem sem Deus é um ser que vive com medo. Ele não sabe de onde vem e nem para onde vai. É como alguém andando no escuro, sem saber para onde ir. Pensa ser luz, mas está cego.

Seus olhos são “abertos” para o mal. Mas agora torna-se cego espiritualmente. Não pode fitar Deus.

B) Fuga de Deus. O homem caído foge de Deus. Não é o homem que busca a Deus. Deus é quem busca o homem.

C) Vergonha. Se cobrem. Percebem que perderam tudo o que tinham. O pecado traz dor, vergonha, medo, fuga de Deus.

D) Transferência de Culpa. Tentativa de colocar a culpa em Deus e na mulher. Ele não assume o seu papel na queda, e tampouco agora. Ele é o responsável. Ele é quem deveria assumir seu erro.

A culpa de não ter dinheiro é de quem tem dinheiro. A culpa é sempre dos outros. Cristo, sem pecado, assume a culpa em nosso lugar.

Tudo é INVERTIDO NA QUEDA. À partir daí a mulher quer assumir a liderança no casamento.

A palavra de Deus é desprezada. As emoções são colocadas em primeiro lugar.

Um culto antropocêntrico, emocional e carnal.

 

3) A Busca do Deus Condescendente

  • Deus é quem busca o homem e lhe oferece Redenção
  1. Onde estás?
  2. Se dirige primeiro ao homem.
  3. Graça mesmo no castigo. A mulher gera vida. O homem sustenta a vida. A morte de um animal para cobrir a vergonha de Adão e Eva.

O messias é prometido.

Cristo vem para consertar aquilo que foi invertido na queda.

Hebreus 4.15-16: Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, antes, foi ele tentado em TODAS AS COISAS, à nossa semelhança, mas sem pecado. Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna.

Cristo foi tentado em TUDO. Na cruz ele foi tentado (Se és o filho de Deus, desce daí). Ele foi tentado no Getsêmani. Em todo o tempo. Não foi mais ameno para ele. Como segundo Adão, ele foi tentado em tudo.

Lucas 4.13: Passadas que foram as tentações de TODA SORTE, apartou-se dele o diabo, até momento OPORTUNO (kairós).

O Diabo sempre volta. Vemos apenas o momento da queda. Não sabemos quantas investidas Satanás teve para que o homem e a mulher caíssem.

Seremos tentados. Somos tentados constantemente.

 

Mateus 6.13: Não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal (maligno).

Devemos pedir todos os dias. Pão, Perdão e Proteção. Dá-nos HOJE.

1 Coríntios 10.13: Não vos sobreveio tentação que não fosse humana, mas Deus é FIEL e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças, pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá LIVRAMENTO, de sorte que a possais suportar.

 

PECADO NA VIDA DO CRENTE É ACIDENTE E NÃO ESTILO DE VIDA.

Apocalipse 2.21: (Jezabel) Dei-lhe tempo para que se arrependesse, ela, todavia, não quer arrepender-se da sua prostituição.

O propósito de Deus é nos dar vitória por meio de Cristo.

Podemos perder uma batalha, mas a guerra está ganha. Satanás pode estar falando que não tem mais jeito. Tem sim. Deus é FIEL e nos livra, e nos capacita, e nos levanta, e as portas do inferno não podem prevalecer contra a igreja.

Somos convocados a lutar, a resistir o diabo, a vencer as tentações. Ser tentado não é pecado, aceitar a proposta é pecado.

Aplicação:

  • Devo voltar-me para a palavra de Deus;
  • Em face do pecado, devo confessá-lo, deixá-lo e voltar-me para Deus em arrependimento;
  • Devo reconhecer que a glória é de Deus na salvação do homem.

Conclusão: Toda felicidade buscada à parte de Deus levará à tragédia, dor e morte. Quando o homem cai nas seduções do mundo, sendo enganado, chegará à miséria. Contudo, apesar de nosso pecado, Deus é quem vem em nossa direção. Por meio de Cristo, temos a Redenção de nossos pecados, porque Ele nos amou sendo nós ainda pecadores. Ele nos dá a vitória final por meio de Jesus Cristo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: