Marcos 1.40-43: O intocável, tocado por Deus

Na Índia, ainda hoje existem castas, que vão das mais elevadas até as menos. Essas castas definem as profissões e o valor das pessoas. Contudo, na parte mais baixa, existem os “sem casta”, chamados Dalits. Eles são cerca de 30% de toda a população da Índia, por volta de 350 milhões de pessoas. Os Dalits são considerados os intocáveis. Onde um dalit toca, outros não tocam. Suas profissões são a prostituição, limpar fossas, etc. Eles sofrem todo tipo de violência física, sexual e verbal. Eles entregam suas filhas ainda crianças para serem prostitutas consagradas a deuses.

A religião predominante na Índia é o Hinduísmo, que possui oficialmente cerca de 330 milhões de divindades. Contudo, os dalits não podem entrar em nenhum templo na Índia. Se quiserem buscar a alguma divindade, que seja do lado de fora. Eles são intocáveis pelos indianos e pelas divindades.

Mas Cristo veio para alcançar também os Dalits. E missionários têm pregado o evangelho para essas pessoas. Quando cristãos chegaram lá, os Dalits fizeram três pedidos a eles:

  • Libertem nossos filhos (sentam atrás na escola e são humilhados até não voltarem mais, meninas de 13 anos se deitam com 24 homens para ganhar 1 dólar).
  • Libertem nossas mulheres (São atacadas com ácido para ficarem deformadas. São intocáveis durante o dia, mas à noite todos tocam. Pelo menos três mulheres dalit são estupradas por dia).
  • Seja nossa voz.

Eles são intocáveis para os indianos, mas Cristo veio para tocá-los. E os missionários cristãos estão tocando os intocáveis.

Na época de Jesus também existiam intocáveis.

Marcos 1.40-43: “Aproximou-se dele um leproso rogando-lhe, de joelhos: Se quiseres, podes purificar-me. Jesus, profundamente compadecido, estendeu a mão, tocou-o e disse-lhe: Quero, fica limpo! No mesmo instante, lhe desapareceu a lepra, e ficou limpo”.

Parecia um dia normal na vida daquele homem. Um dia percebeu que estava sangrando mas não sentia dor. O que era aquilo? Seria lepra? Seu coração gelou. E agora, o que farei? Ele precisava ir até o sacerdote para apresentar sua ferida. Passa-se uma semana e então vem o veredito final: você está imundo!

Segundo Levítico 13:43-46 temos:

“Havendo, pois, o sacerdote examinado, se a inchação da praga, na sua calva ou antecalva, está branca, que tira a vermelho, como parece a lepra na pele, é leproso aquele homem, está imundo; o sacerdote o declarará imundo; a sua praga está na cabeça. As vestes do leproso, em quem está a praga, serão rasgadas, e os seus cabelos serão desgrenhados; cobrirá o bigode e clamará: Imundo! Imundo!
Será imundo durante os dias em que a praga estiver nele; é imundo, habitará só; a sua habitação será fora do arraial”.

Da noite para o dia aquele homem perdeu tudo. Sua família, seus bens, seu trabalho, sua casa, suas roupas, tudo. Agora teria que andar vestido de trapos, e não poderia mais viver em sua casa ou sequer na cidade. Nunca mais abraçaria seus pais, sua esposa ou filhos. Moraria no vale dos leprosos. Comeria aquilo que as pessoas lhe dessem por misericórdia. Passaria o resto dos seus dias como um miserável, abandonado, ignorado, imundo. Onde ele tocasse, ninguém tocava. Um passo que desse para frente, todos davam um passo para trás. Ele perdeu tudo, inclusive a sua dignidade. Será que ele estava destinado a morrer assim?

Mas ele ouviu falar sobre Jesus. O messias chegou. Ele, por toda a sua vida havia esperado a vinda do Senhor. Ele agora estava na cidade. Ele tinha que vê-lo. Era perigoso, poderiam apedreja-lo, mas ele não se importava, contanto que pudesse encontrar com Jesus. Ele se aproxima e o adora. Ele sabe que Jesus tem todo poder. Ele crê em Cristo. E então ele diz: “Senhor, se quiseres, podes purificar-me”. Ele não diz “se podes”, mas “se quiseres”. Ele sabe que Jesus pode. E ele se curva diante do Rei da Glória.

Naquele momento Jesus não apenas cura aquele leproso, como devolve sua dignidade tocando-lhe. Ninguém havia tocado naquele leproso desde que o Sacerdote o havia considerado imundo. Jesus toca-lhe, o cura e o envia ao sacerdote para devolver-lhe sua vida e dignidade.

Deus quer te curar e te devolver a dignidade que foi roubada pelo pecado. O toque divino pode mudar o curso de sua história. Se tão somente vier até Jesus e o adorar e clamar: “Senhor, se quiseres, podes purificar-me”. Você sentirá o toque suave e poderoso de Jesus que muda o curso da história e ouvirá sua doce voz dizendo: Quero, seja purificado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: