Salmo 11.3,4: O que fazer quando os fundamentos são destruídos?

“Ora, destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo? O SENHOR está no seu santo templo; nos céus tem o SENHOR seu trono; os seus olhos estão atentos, as suas pálpebras sondam os filhos dos homens”. Salmos 11.3,4 

Davi ao escrever esse salmo percebe que os fundamentos estavam destruídos. A palavra usada por Davi é shathah que pode ser usada tanto para a fundação de uma construção para sua sustentação, quanto as bases morais para uma sociedade. Nesse caso, Davi está falando de uma vida santa. Em Israel, a lei do Senhor estava sendo ignorada. Saul tentara matar Davi jogando uma lança contra ele várias vezes (Sl 11.2) e estava distante da lei do Senhor. Davi, em face das dificuldades, da perseguição, e percebendo os fundamentos destruídos se pergunta: quando tudo isso acontece, que pode fazer aquele que teme a Deus? 

Essa pergunta também serve para nós. Quando vemos pilares onde havíamos colocado nossas esperanças sendo derrubados também nos perguntamos o que podemos fazer? Ficamos esperando por uma resposta. Senhor, por que tu permites que os fundamentos sejam destruídos? Por que não intervém em favor de nós? Se tais fundamentos são destruídos, o que poderemos fazer? E diante desta pergunta, podemos perceber quem somos: limitados, incapazes, pequenos, impotentes diante da calamidade.

Entretanto, diante de tudo isto, Davi olha para cima. 

Ele não responde à sua pergunta, pois ela fica pequena demais. Ele vê o Senhor. E diz: “O SENHOR está no seu santo templo, o seu trono está nos céus; seus olhos atentos e provam e examinam todos os homens”. Davi não diz que Deus está alheio a qualquer situação, ou que não está no controle e nem que é pego de surpresa diante das calamidades. Ele diz: O SENHOR Deus é poderoso. O SENHOR Deus é soberano. Sua justiça irá prevalecer. E Davi então percebe que olhava para a situação apenas de sua perspectiva limitada e temporal, apenas aquela foto do momento, ele não estava percebendo que Deus estava no controle o tempo todo.

Os fundamentos nunca foram destruídos, não os verdadeiros. A rocha elevada, firme e perfeita está intacta. A pedra angular é o nosso fundamento. Olhando da perspectiva de quem é Deus, Davi podia descansar em sua soberania. Deus não é pego de surpresa. Ele é o Todo-Poderoso. Sua Justiça e Amor prevalecerão. Saiba que Deus está no controle, ainda que muitas vezes não faça sentido. Entregue o seu caminho ao Senhor, confie nele e Ele há de realizar seus propósitos eternos em sua vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: