Salmo 16.5: O Senhor é a porção da minha herança e o meu cálice

“O SENHOR é a porção da minha herança e o meu cálice; tu és o arrimo da minha sorte”. Salmos 16.5

Dentre as tribos de Israel, apenas uma não recebeu herança na Terra Prometida: os levitas. Em Deuteronômio 18.1, 2b é dito: “Os sacerdotes levitas e toda a tribo de Levi não terão parte nem herança em Israel; … o SENHOR é a sua herança, como lhes tem dito”. Enquanto todos tinham terras, os levitas tinham uma porção especial, não vista por olhos humanos. 

Davi, em face da perseguição, depois de perder todas as coisas, ora a Deus pedindo que o guarde (vs. 1). O verbo utilizado aqui é shamar. Davi clama que Deus o guarde, mantenha vigilância sobre ele, o proteja. Somente Deus é o seu lugar de proteção.

Então, ele reconhece que não possui nenhum outro bem (tov) senão a Deus (vs. 2). Tov, literalmente, quer dizer bom. Davi reconhece que não há nada bom em sua vida que não seja relacionada à presença de Deus, o seu Senhor, a quem ele serve. Ele não possui nada visível ou desejável pelos homens, porém reconhece que possui uma herança muito maior. Ele diz: “é mui linda a minha herança” (vs. 6). Pela fé, Davi sabe que herdará o Reino de Deus. 

Ele diz: o SENHOR é o meu cálice. No Salmo 116.13, o salmista diz: “Tomarei o cálice da salvação e invocarei o nome do SENHOR”. Davi reconhece que o Senhor é quem o salva. Ele não precisa de mais nada nessa terra pois tem a salvação do Senhor. Deus é quem cuida do seu servo e quem garante a vida eterna e a herança perpétua. Para que Davi pudesse tomar do cálice da salvação, o seu salvador tomou o cálice amargo da ira de Deus em seu lugar (Mt 26.39-45).

Davi ainda continua dizendo: “tu és o arrimo da minha sorte”. A palavra arrimo (tamak) literalmente significa “segurar, sustentar, alcançar”. Davi afirma que Deus é quem sustenta, mantém em segurança a sua sorte, a sua porção, o seu futuro, a sua herança. Davi sabe, que estando nas mãos do Senhor, o inimigo não pode tirar dele sua herança. Ele está seguro com o Senhor e não teme, e por isso afirma: “O SENHOR, tenho-o sempre à minha presença; estando ele à minha direita, não serei abalado” (vs. 8). Ele recebe a salvação, e jamais poderá perdê-la, porque o Senhor é que o preserva e protege.

Por fim, Davi afirma como receberá essa herança incorruptível da parte do Senhor. Ele diz: “Pois não deixarás a minha alma na morte, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção” (vs. 10). Davi, agora fala sobre o Santo de Deus que não verá corrupção. Davi não fala mais de si, mas da pessoa de Cristo. Aquele que sorveu o cálice da ira de Deus para nos oferecer o cálice da salvação, conquistou uma herança mui linda para aqueles que creem. Cristo venceu a morte para nos dar vida. Por isso, por meio de Cristo, o Santo de Deus, aquele que não viu corrupção, que ressuscitou ao terceiro dia, podemos “ver os caminhos de vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua destra, delícias perpetuamente” (vs. 11). 

Anúncios

Um comentário em “Salmo 16.5: O Senhor é a porção da minha herança e o meu cálice

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: