1Samuel 15.1-24: A quem ouvimos?

Que vozes estamos ouvindo e em quem confiamos? Há muitas vozes não confiáveis. Que voz você está ouvindo? De Deus ou dos animais? A voz do mundo que nos tenta com prazeres? Para inflar nosso ego? 

1) A ORDEM  

15.1: Ouça a voz das palavras do SENHOR (literalmente no hebraico) 

Vs. 3: Deus diz para destruir todas as coisas. Nada deveria ser deixado. Não devemos tentar entender esse tipo de guerra. Mas quando o dia do juízo vem, ninguém é poupado, grandes ou pequenos. Assim será no Dia do Senhor. 

Considerando os Amalequitas, eles tinham uma conta antiga sendo considerada. Desde os dias do Êxodo, quando foram traiçoeiros com o povo de Deus, e Deus teve misericórdia deles, porém continuaram no caminho do mal, indo de mal a pior, cada vez mais fundo. Até que transbordou o cálice. Amalequitas eram sinônimo de pecadores, e agora, o tempo do seu juízo havia chegado. 

A ordem para Saul era enfática: tudo deveria ser destruído. Nenhuma exceção. Não poupe nada. Nem animais nem pessoas. 

A Ordem de Deus é lançada de forma contundente e precisa. Não havia dúvidas, nenhuma brecha para desentendimento. 

2) A DESOBEDIÊNCIA 

Saul então convocou 200 mil homens a pé e 10 mil homens de Judá. Um grande exército. Então ele feriu os amalequitas, mas Saul poupou Agague e o melhor dos animais (vs. 9). Tudo que não era desprezível aos seus olhos. 

O que temos aqui? Deus disse não poupe (vs. 3), mas Saul poupou (vs. 9). Desobediência direta, totalmente oposta. 

Por que Saul poupou Agague? Seria por ser mais misericordioso do que Deus? Certamente que não. Agague era um troféu a ser exposto. Para humilha-lo e se exaltar, por onde fosse para ser visto como maior que Agague. 

Por que o melhor dos animais? Ele diz a Samuel que era para sacrificar. Mentira! 

No vs. 3 Deus divide da seguinte maneira: homem, mulher, crianças. (Do maior ao menor) 

Animais produtivos e animais de carga. 

No vs. 9, Saul muda isso. Ele não se preocupa com o que Deus quer, e como Deus coloca, mas naquilo que é importante para ele. Agague é importante, e todos os outros não, então ele os mata. Entre os animais, ele poupa os melhores. Ele faz distinção, e escolhe os melhores. Apenas aquilo que é lucrativo para ele, que lhe trará algum benefício. 

Ele não poupa por ser misericordioso. Ele poupa o que lhe é útil e destrói o que lhe é desprezível. 

3) A CONSEQUÊNCIA 

Porém isso ofendeu ao Senhor.

Vs. 11: Arrependo-me de ter tornado Saul rei. Ele não segue ao Senhor. 

Nacham – profundo pesar de Deus. 

O que Saul estava fazendo? Tinha coisas mais importantes a fazer do que obedecer ao Senhor. 

Vs. 12: Já chegou Saul ao Carmelo, e eis que levantou para si um monumento. 

Ele levanta para si um monumento. Um monumento que diz: Eu venho primeiro. Estou acima de tudo. Eu venci os Amalequitas. Eu sou o Maior. Vejam como eu sou bom. Vejam Amaleque, vejam o monumento que eu levantei a mim mesmo, vejam os animais que poupei para dar para vocês comerem. Saul é um populista, ele quer apenas se engrandecer. 

Vs. 13: Samuel vem e Saul diz: Eu executei as palavras do SENHOR. 

Exatamente o que ele não fez. Deus disse para ele fazer, e ele não fez. O problema de muitos líderes é pensar que o que eles acham ser o melhor é a vontade de Deus. Querem ser mais misericordiosos, querem ser mais bondosos, querem ser mais populares. Gostam da aprovação do povo. 

Antes importa obedecer a Deus do que a homens. Temer a Deus do que a homens. 

Mas Deus vê. Deus escuta. 

Vs. 14: Samuel diz: que voz de ovelhas e voz de bois é essa que ouço? 

Vs. 1: ouça a voz das palavras (qol) de Deus. 

Agora, tem a voz dos animais. Saul deveria ter ouvido a voz de Deus, ao invés de ouvir a voz dos animais. Ele dá ouvidos àquilo que lhe traria benefícios materiais ao invés de dar ouvidos à palavra de Deus. 

Nada deveria ser mais importante para ele do que a voz de Deus. 

Que voz é essa de animais nos meus ouvidos? 

Por que Samuel pergunta, e não apenas o condena? Samuel está dando a Saul a chance de se arrepender. Deus é gracioso. Temos pecado e caído diante dele, e ele é misericordioso em nos chamar de volta, e nos dar a chance de nos arrependermos. Saul teve a chance. 

Vs. 15: De Amaleque os trouxeram; porque o povo poupou o melhor das ovelhas e dos bois, para os sacrificar ao SENHOR, teu Deus, o resto, porém, destruímos totalmente. 

Eles fizeram isso. Eles fizeram isso. A culpa é deles. Não tenho nada a ver com isso. (Vs. 9: Saul poupou). Saul era o principal responsável. Mas aqui ele age como Adão e Eva na queda. Minimizando sua desobediência. 

É um plano piedoso. Vamos sacrificar ao Senhor, o seu Deus. 

Ele tem problemas com definições. Qual parte do não poupar ninguém ele não entendeu? 

Ilustração: sobrinho que diz não perdi, só não sei onde está. 

Ele manipula, inventa. Uma história de desobediência. 

Ilustração: Numa pequena cidade dos Estados Unidos, havia uma igreja bem tradicional e uma fábrica de cerveja.

O pastor não poupava ataques à cervejaria em suas pregações.

Por razões pouco esclarecidas, a fábrica resolveu fazer uma doação de 150 mil dólares para a igreja, gerando um grande tumulto na cidade.

Os membros mais ortodoxos foram unânimes em denunciar que aquela quantia era um suborno satânico, que não poderia ser aceito.

Passada a exaltação dos primeiros dias, acalmados os ânimos, os mais ponderados começaram a analisar os benefícios que aquele dinheiro poderia trazer às instalações da igreja e, consequentemente, para toda a comunidade, como a reforma do salão de festas, por exemplo.

Reuniu-se, então, a igreja em assembléia para uma tomada de decisão. Depois de muita discussão a proposta foi aceita e registrou-se o seguinte no livro de atas:

“Por maioria de votos, resolveu-se aceitar a doação de 150 mil dólares feita pela cervejaria na firme convicção de que o diabo ficará furioso quando souber que o seu dinheiro vai ser usado para a glória de Deus”.

4) A QUEM OUVIMOS? A QUEM TEMEMOS?

Vs. 17-19: sendo tu pequeno, Deus não te fez grande? Não te ungiu rei sobre Israel? 

Deus coloca toda a responsabilidade sobre ele. Ele é quem foi ungido. Ele é quem era o cabeça sobre o povo. 

Por que você quer se fazer grande acima do Senhor? 

Por que não atentaste à voz (qol) do SENHOR? 

Vs. 20: Dei ouvidos à voz do Senhor. Fiz tudo. Ele mente. Ele mantém sua posição. Ele justifica. 

Saul quer se eximir da sua liderança, mantendo distância entre ele e o povo. Ele fez o certo. Ele até foi misericordioso e separou os animais para o sacrifício ao Senhor. Eles serão mortos Samuel, você não entende? Qual o problema? Qual o problema em trazer um souvenir ou outro? Qual o problema em trazer Agague? 

Vs. 22, 23: Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos no lar. 

Rituais não são nada diante da desobediência. Não importa se frequento a Escola Dominical, não importa se sou dizimista fiel, se estou em todas as programações das sociedades internas. Tudo isso não tem valor se não houver obediência à Palavra de Deus. 

O que agrada a Deus é obediência. O que Saul estava fazendo era se colocar no lugar de Deus, e fazendo o povo tropeçar. Idolatria. 

Obediência é requerida. Um imperativo para nós para sermos como Jesus Cristo. 

Algumas estatísticas nos EUA em 12 meses, não devem ser muito diferentes daqui (lembrando que em pesquisas as pessoas podem mentir, o percentual pode ser bem maior): 

  • 60% dos funcionários já disseram estar doentes, quando não estavam, para não ir trabalhar 
  • 60% levaram objetos da empresa para uso particular em casa 
  • 80% baixaram músicas ilegalmente 
  • 70% quebraram o limite de velocidade conscientemente 
  • 30% tiveram algum tipo de relação extraconjugal 
  • 70% dos estudantes tiveram algum tipo de envolvimento com trapaça acadêmica 
  • 1 em cada 3 consumiu algum tipo de conteúdo pornográfico 

Desobediência. Não sei qual o tipo de desobediência você teve, ou está tendo. Eu conheço as minhas. 

O ponto é: desista disso. Desista disso. Ouça a voz de Deus, procure ouvir a voz de Deus. Caso contrário as consequências podem ser desastrosas. 

Vs. 23: porque você rejeitou o Senhor, Deus o rejeitou. 

5) DESASTRE 

Ele é removido de sua posição, influência e poder. Sua lâmpada seria extinguida. Ele perderia tudo. 

Esse é o resultado do pecado. Sempre: desastre. Destruição. 

Finalmente: vs. 24. Pequei, pois transgredi o mandamento do SENHOR e as tuas palavras, porque temi o povo e dei ouvidos à sua voz (qol). 

Ele não ouve a voz de Deus, ele dá ouvidos aos animais e ao povo. Ele não teme a Deus, ele teme o povo. 

Ilustração: Certa vez um político foi procurado em seu gabinete por um casal em conflito, e ele resolveu ouví-los em separado.

Primeiro entrou o marido e enumerou todos os defeitos da sua esposa, culpando-a pela crise no casamento. Ao terminar, o político lhe disse: “Você está certo”.

Depois, entrou a mulher e enumerou todos os defeitos do seu marido, culpando-o pela crise no casamento. O político  também lhe disse: “Você está certa”.

Quando ambos foram embora, a secretária do político perguntou-lhe:

– Estou confusa, chefe. O marido culpou a esposa pela crise no casamento e o senhor concordou com ele, dizendo que ELE estava certo. Depois, a esposa culpou o marido pela crise no casamento e o senhor também concordou com ela, dizendo que ELA estava certa. Isto é alguma estratégia de aconselhamento conjugal?

– Não, apenas concordei com eles para deixá-los felizes.

– Mas, senhor, isto não é muito ético.

O político olhou em seus olhos e disse-lhe:

  • Sabe que você esta certa!

Dt 25.17-18: Lembra-te do que te fez Amaleque no caminho, quando saias do Egito; como te veio ao encontro no caminho e te atacou na retaguarda todos os desfalecidos que iam após ti, quando estavas abatido e fatigado; e não temeu a Deus. 

Amaleque não temeu a Deus. E Saul temeu o povo. Ele não temeu a Deus também. Ele não ouviu a Deus. 

A história termina com uma nota trágica no vs. 35: Nunca mais viu Samuel a Saul até o dia da sua morte; porém tinha pena de Saul. O SENHOR se arrependeu de haver constituído Saul rei sobre Israel. 

Ilustração: Aquela família começou a criar a Sally quando era bem pequenininha. Alguns anos depois, aquele pet, agora tinha mais de 30kg e media 2,5m. Uma cobra píton. Sempre em casa. Até que um dia, ela matou o seu dono. Asfixiou até a morte.  

Começou como algo pequeno e até bonitinha, mas que levou à morte. 

CONCLUSÃO 

Vamos nos colocar perante a face de Deus em alguns momentos de confissão de pecados: 

Isaías 1.18, 19 

Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã. Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra. Mas, se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; porque a boca do SENHOR o disse.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: