Mateus 6.25-34: Ansiedade – o Mal do Século

Introdução: 

A ansiedade é uma perturbação psíquica decorrente da excessiva excitação do sistema nervoso central. Ela caracteriza-se por uma inquietação quase constante, preocupação, angústia e falta de sossego, provocando mau estar e constante tensão.

A ansiedade é uma reação normal diante de situações que podem provocar medo, dúvida ou expectativa. É considerada normal a ansiedade que se manifesta nas horas que antecedem, por exemplo, uma entrevista de emprego, a publicação dos aprovados em um concurso, o nascimento de um filho, uma viagem, uma cirurgia delicada, ou um problema financeiro. Nesses casos, a ansiedade funciona como um sinal que prepara a pessoa para enfrentar o desafio e, mesmo que ele não seja superado, favorece sua adaptação às novas condições de vida.

Porém, quando a pessoa tem sintomas recorrentes de aflição, angústia, perturbação do espírito causada pela incerteza, relação com qualquer contexto de perigo, medo, insônia constante, prejudicando o dia a dia de forma constante, aí sim isso pode ser considerado patológico.

O problema atinge 33% da população, segundo a Organização Mundial de Saúde, e 4 em cada dez brasileiros, de acordo com o Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente (IPOM).

A ansiedade é uma coisa boa, é uma reação do organismo a uma situação de perigo. O problema é quando a gente dispara este mecanismo do cérebro para ‘‘coisas bobas’’ ou imperceptíveis. Isso pode gerar um ataque de pânico — diz a psicoterapeuta Myriam Durante, autora do livro “Ansiedade: aprenda a controlar sua ansiedade e viva melhor”, lançado na última quinta-feira.

Em seu livro, a psicoterapeuta defende que a ansiedade pode ser tratada sem o uso de remédios:

— O tratamento pode ser feito com técnica de hipnose e relaxamento, respiração, autoconhecimento e terapia. Técnicas de positividade também ajudam, já que o ansioso costuma ser muito negativo.

Algumas pessoas estão mais propensas a sofrerem de ansiedade, diz o psiquiatra Sander Fridman, do Hospital Adventista Silvestre.

— Os ansiosos são pessoas mais controladoras, que projetam tipicamente uma percepção negativa para o futuro, enquanto os depressivos o fazem para o passado — explica o especialista, que faz uma relação entre os dois males: — Depressão e ansiedade podem coexistir na mesma pessoa.[1]

Solução para Ansiedade segundo um grande portal da área na internet: 

A pessoa pode buscar o acompanhamento de psicólogos ou psiquiatras, praticar exercícios físicos, cuidar do sono, usar técnicas de relaxamento como o controle da respiração, organização na rotina e manter uma alimentação mais saudável. Recomenda-se incluir à dieta alimentos fonte de triptofano, como banana e chocolate. 

Outras indicações, da ordem comportamental e emocional, também são consideradas, como buscar viver o presente, ser positivo, desenvolver o autocontrole e a autoconfiança, definir prioridades, entre outras.[2]

Contexto: 

Depois de falar sobre o caráter do cristão (bem-aventuranças), e como deve ser a prática da justiça do cristão. Jesus fala sobre três situações que envolvem dois caminhos: o tesouro nos céus ou na terra, os olhos bons ou maus e servir a Deus ou às riquezas. 

A palavra Portanto nos dá ideia da conexão com os versículos anteriores. Uma vez que os tesouros terrenos não satisfazem e descansar o coração neles trará descontentamento, que o anseio pelas coisas terrenas ofuscam nossa visão e o perigo da idolatria, então não devo prosseguir colocando meu coração nas coisas terrenas, mas primeiro buscar as coisas do alto. 

Jesus nos ensina isso no Pai Nosso. Primeiro a santidade do nome de Deus, o reino e sua vontade e depois o pão, perdão e proteção. 

Diante disso, Cristo mostra que é possível que mesmo um cristão, alguém regenerado, pode se perder e ao invés de buscar juntar tesouros no céu, passa a olhar para essa terra e ter suas prioridades aqui. É possível que o cristão tenha seus olhos embaçados, e pare de enxergar a realidade sob a perspectiva divina, com base nas Escrituras e tenha uma visão mundana e errada e com isso se curve diante de ídolos e não do Senhor. Isso o levará a querer estar no controle ao invés de depender de Deus. O resultado disso é a ansiedade. O mal do nosso século. 

Qual a resposta de Jesus para a ansiedade? 

  1. É proibido ficar ansioso 

Definição de termos. 

A culpa preocupa-se com o passado. A preocupação pensa no futuro. O contentamento deleita-se no presente. Jesus vem e leva sobre si a nossa culpa. Ele vence a morte e está sempre conosco para que não andemos ansiosos, e então podemos nos deleitar em Deus diariamente. 

Agostinho tomou o pulso da sua época e da nossa quando escreveu: “Ó Senhor Tu criaste-nos para Ti, e os nossos corações ficam ansiosos até encontrarem descanso em Ti.”

Fé e Ansiedade são opostos. Quando começa a ansiedade a fé esmoreceu. Quando começa a fé, a ansiedade acaba. 

Não andeis ansiosos – imperativo presente. É possível que seja algo recorrente. Devemos sondar o nosso coração constantemente. A ansiedade virá, mas ela não pode ser constante em minha vida. A ansiedade vem, e então a fé a faz ir embora. 

Pedro no barco, na tempestade ficou desesperado pensando que ia morrer, enquanto Jesus dormia. Ele aprendeu a confiar na vontade de Deus. E anos depois, quando estava preso, e seria morto no dia seguinte, ele é quem estava dormindo (At 12.6).

A ansiedade é irracional. (Quem dentre vós pode acrescentar um côvado à sua estatura? Vs. 27). Não é possível, com a nossa ansiedade, com o nosso desejo de controle, mudar o futuro, alterar o curso do universo, ou mesmo aumentar o tempo de nossa vida. 

  • O Deus que cuida do universo pode cuidar de mim 

Olhai para as aves. Olhai para os lírios. 

O céu palestino era repleto de pássaros. A primavera irrompia em flores lindas a cada ano. A cada ano Deus fazia florescer. 

Deus cuida dos passarinhos e das flores. Ele sustenta o universo. Cada dia as coisas permanecem. Tudo em seu lugar. A lua está distante da Terra cerca 384 mil quilômetros. Se ela estivesse mais próxima, teríamos a nossa gravidade afetada, o que provocariam maremotos terríveis a cada 90 minutos gerando destruição. Se a terra estivesse um pouco mais distante do Sol, não haveria vida, tudo seria congelado. Se estivesse um pouco mais próxima, tudo estaria queimado. E a órbita perfeita que a terra faz em torno do sol. 

Ou mesmo como funciona o nosso aparelho digestivo, circulatório, respiratório. Não determinamos nada disso. Não depende de querermos ou não que funcione. Deus é quem criou e quem sustenta. 

Deus sustenta os pássaros, mas não é que eles não tenham que trabalhar. Eles precisam buscar alimento. Eles não caem livremente em seus bicos. Da mesma forma, o maná deveria ser colhido e cozido. 

Nos preocupamos com as contas. Com as finanças, com a economia, com a saúde, com a segurança, com provas, com a falta ou excesso de dinheiro. Com parentes, filhos, cônjuges, trabalho, clientes, fornecedores, se chove, se não chove. 

Porém eu poso confiar pois: Eu sei que Deus cuidou de mim no passado, e por isso eu sei que ele vai cuidar de mim no futuro. 

Abraão. 

PRIMEIRA PROVA

De fato, em Gênesis 12, vemos Deus mandando Abrão deixar seus parentes para assegurar uma bênção que viria, em grande parte por meio de um herdeiro. Ele tem que sacrificar seu país, seu clã, sua família, seu passado. Abraão mostrou fé ao sair, mas levou consigo a Ló. Estaria Abraão pensando em Ló como seu possível herdeiro? Ele se separa de Ló. Deus faz que se separe de seu sobrinho. 

SEGUNDA PROVA 

Logo depois, ele chega em Neguebe, e houve fome. Ele não confia na promessa de que ele teria aquela terra por herança e vai para o Egito. 

TERCEIRA PROVA 

Lá no Egito ele não confia em Deus e mente dizendo que Sara era sua irmã. 

QUARTA PROVA 

Em Gênesis 15, a promessa é renovada. Abraão não confia, e aceita tomar Agar e tem um filho com ela. Ele tenta ajudar Deus a cumprir suas promessas. Ele não confia. 

QUINTA PROVA 

Em Gênesis 20, ele faz novamente Sara se passar por sua irmã por medo de homens e não confiando que Deus os protegeria. 

Em todo tempo Abraão está tropeçando desajeitadamente em sua fé. Em todas as suas tentativas de ajudar a Deus a produzir um herdeiro, haviam dado errado. Finalmente em Gênesis 21, o herdeiro nasce e o relato deixa muito claro que Deus havia feito o que o tempo todo ele havia prometido fazer. 

Temos uma tripla afirmação da fidelidade de Deus: como lhe dissera (21.1a), cumpriu o que lhe havia prometido (21.1b), que Deus lhe falara (21.2). Uma repreensão à incredulidade de Abraão. Ele certamente poderia confiar nele. Ele não precisaria ajudar Deus a resolver, ele deveria descansar em Deus e confiar em Deus. 

  • Onde estão minhas prioridades?

R$ 86.400,00 / dia. 

Deus nos dá 86400 segundos por dia. Nenhum deles vai voltar. A ansiedade traz angústia e nos fazer perder esse precioso tempo que Deus nos deu. 

Jesus está nos ensinando que a cada dia temos a chance de viver. Não é certo que teremos o próximo dia. Não tenho que me preocupar com o mal do dia seguinte, ele virá, mas tenho que me preocupar em viver da melhor maneira diante do mal que vivo hoje. Vencendo as tentações hoje, dependendo de Deus hoje, trabalhando para a glória de Deus hoje, amando a Deus e meus irmãos hoje. 

Flores em vida. Correndo atrás do vento e perdendo tempo. 

Se você soubesse tem apenas mais um dia de vida, como viveria? Suas prioridades mudariam? Sua agenda mudaria? 

Precisamos viver da melhor maneira. Assim é o cristão. Não deixamos para amar amanhã, não deixamos para fazer o bem amanhã. Vivemos plenamente hoje. 

Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça! O que é prioridade para nós? Por que estamos ansiosos? Pelo que choramos? 

Choramos porque não sabemos o que vai acontecer ou porque não somos parecidos com Jesus? 

O verbo buscar subentende uma vida absorvida na busca, um esforço perseverante para se obter o Reino e sua justiça.  

Isso mostra o esforço e a prioridade da nossa vida. 

Andamos ansiosos quando nossas prioridades estão invertidas e quando nossos olhos são desviados do rei para os cuidados deste mundo (como Pedro andando sobre as águas). 

O objeto dessa busca é o Reino e a Justiça de Deus. Somos chamados a reconhecer o Rei em meu coração e minha vida. E viver de acordo com os valores do Reino. Além disso, buscar que o Rei seja adorado pelos outros e que esses valores alcancem a outros em todas as esferas da vida: a educação, o governo, comércio, a indústria, ciência. 

Em primeiro lugar: o REINO E A JUSTIÇA (caráter e relacionamento antes de coisas materiais e necessidades). O ser antes do ter. 

  • Não me preocupo com o amanhã e nem com o mal  

Só por hoje. 

Talvez já tenhas visto a frase, UM DIA DE CADA VEZ, em algum autocolante num carro, placa, ou outro sítio. A máxima é usada muitas vezes para recuperar alcoólicos, como um lembrete de que a pessoa não tem que permanecer sóbria para sempre – mas simplesmente hoje. Um mês, ou até uma semana, sem álcool, pode-lhes parecer impossível. Porém a chave para o sucesso reside na confiança em Deus que dá a força para dizer não a uma bebida hoje. O fio de se viver “um dia de cada vez” é todo ele tecido na fábrica das Escrituras. Deus providenciou o maná para os Israelitas diariamente (Êxo. 16.4). As misericórdias do nosso Pai celestial são novas cada manhã (Lam. 3.22,23). O Senhor Jesus ensinou os Seus seguidores a pedirem o pão diário (Mat. 6.11) e a recusarem preocupar-se com o amanhã (v.34).

Conta-se que durante a segunda guerra mundial, uma viúva italiana ficou sem dinheiro para pagar os aluguéis da casa onde morava. Orou, clamou, jejuou durante muitos dias e nada adiantou. Em desespero, foi despejada pelo proprietário e obrigada a procurar abrigo em casa de parentes numa cidade vizinha. Logo após sua saída, a cidade foi totalmente arrasada por bombardeio nazista. Agora tudo ficou claro. O silêncio de Deus era para seu bem. Não precisava tanta preocupação e angústia.


[1]https://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/ansiedade-atinge-quatro-em-dez-brasileiros-entenda-doenca-do-seculo-19442459.html

[2]https://menthes.com.br/entenda-por-que-ansiedade-e-um-dos-males-seculo-21/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: