O grande dia na floresta

Naquela floresta existiam bichos de todos os tipos: esquilo, macaco, tatu, tinha até ornitorrinco…

Claro que nem todos se davam bem. O macaco sempre irritava o cachorro do mato, que tentava pegá-lo mas não conseguia subir em árvores. As galinhas sempre tinham que fugir da raposa que estava sempre disposta a fazer um lanchinho. O bicho preguiça quando solicitado nas reuniões da floresta sempre chegava atrasado deixando todos irritados. E o gambá quando resolvia usar seu perfume, não sobrava um no lugar para contar a história.

Existia na floresta uma certa ordem e tudo que acontecia era levado para o líder eleito daquela época e para o conselho dos bichos, que era composto pelos bichos mais experientes da floresta.

Porém, existia uma história na floresta que era contada de pai para filho há muitas gerações. Existia a história de que há muitos anos, o Grande Rei da Floresta abandonou-os porque eles haviam feito coisas erradas e por isso, toda a floresta foi amaldiçoada. Então, a serpente por um período de tempo dominou a floresta e havia grande medo.

Porém, em uma época distante também, surgiu um cordeiro. Ele era manso, humilde, mas não havia nada nele que atraísse os olhos dos outros bichos, contudo, a forma que ele falava e vivia deixava a todos intrigados.

Ele se entitulou o filho do Grande Rei, e dizia que na verdade, o Grande Rei não os havia abandonado, mas sim que os bichos é que o haviam deixado de lado fazendo uma grande separação entre o Grande Rei e eles.

Porém, os bichos do passado não acreditaram no cordeiro, e tanto o líder como o conselho da época, influenciados pela serpente, decidiram condená-lo à morte pois aquele cordeiro estava tirando a ordem da floresta.

Os seguidores do cordeiro depois disseram que ele já havia dito que precisava morrer para tirar aquele muro de separação, mas ninguém havia entendido aquilo. Depois eles entenderam que existia um preço a ser pago, e ele mesmo foi designado pelo Grande Rei para pagar este preço no lugar de toda a floresta, para que ela não fosse toda destruída pelo fogo.

Quando o mataram, o sol escureceu e a terra tremeu. Houve grande medo e os animais reconheceram que haviam matado o filho do Rei. A partir dali houve mais medo ainda, parecia que a serpente agora voltaria a reinar… Mas ao terceiro dia, o cordeiro não estava mais lá. Ele havia desaparecido…

E até hoje existem diversas histórias sobre o cordeiro.

Existem aqueles bichos que dizem que o cordeiro nunca existiu. Que é invenção dos avós para dar uma esperança de que as coisas podem ser diferentes, mas não existe esperança. Não há propósito, não há Grande Rei, são apenas eles e um dia tudo vai se acabar.

Existem aqueles bichos que dizem que o cordeiro foi um grande mestre. Eles o admiram e o elogiam. Porém dizem que o cordeiro não pode ser o filho do Grande Rei, afinal, um filho de um Grande Rei não poderia ter sido morto daquela maneira. A história de que o cordeiro desapareceu pode ter sido porque ele não morreu, ele pode apenas ter tido uma parada cardíaca e depois voltou a si. Quem pode saber?

Existem os bichos que dizem que o cordeiro era um mentiroso. Ele mentiu sobre ser filho do Rei e sua morte foi merecida, era um desordeiro. A serpente é quem pode trazer a paz para a floresta, ela quer o bem de todos e sabe governar, quando governava tudo estava sob controle. E de fato, o cordeiro desapareceu sim, porque seus seguidores esconderam o seu corpo e o enterraram em algum lugar.

E por fim, existem outros bichos, estes tem um brilho diferente, há esperança em seus olhos. Eles dizem que os seguidores do cordeiro, depois do terceiro dia, o viram vivo. Mas ele não era mais um cordeiro. Sua forma agora havia mudado, ele se tornaram um Grande Rei, ele tinha a forma de um Leão muito imponente. Sua voz continuava doce e suave, porém agora não era mais como um cordeiro sofredor e sim como um Leão Triunfante. Ele venceu a morte e derrubou a barreira entre toda a floresta e o Grande Rei. O Leão a partir de agora seria a ponte entre eles, Ele é quem reinaria sobre toda a Floresta.

Estes bichos que se tornaram seguidores do Leão, ainda hoje estão falando do Leão aos bichos da floresta, e dizem que ele um dia vai voltar para Reinar Triunfante na Floresta. Chamam este dia de O Grande Dia.

De fato, o que todos sabem na floresta, é que o cordeiro fez história. E a história na floresta ficou dividida entre antes e depois do cordeiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: