Salmos 25: O Senhor é bom

“Bom e reto é o SENHOR, por isso, aponta o caminho aos pecadores”. Salmos 25.8 

Deus é bom. Essa é uma das frases mais repetidas pelos cristãos na atualidade e em toda a história da igreja. Davi repete essa mesma frase há cerca de 3 mil anos. Contudo, o que significa dizer que Deus é bom? 

Quando afirmamos a bondade de Deus, afirmamos que ele não compactua com o que é mau. Todos os seus atos são permeados por sua bondade e nada do que ele faz pode ser mau, pelo contrário ele é bom em todos os seus propósitos e desígnios. Muitos, ao dizer que Deus é bom, descansam pensando que podem pecar tranquilamente, porque se Deus é bom, então ele não os condenará. Aqueles que pensam assim, imaginam que a retidão ou justiça é algo contrário à bondade e isso não é verdade. Justamente porque Deus é bom que ele também é reto. Todos seus atos são bons e por isso são justos. É impossível que Deus seja bom e injusto. Se for injusto, ele não é bom. 

A pergunta que devemos nos fazer é: Se Deus é bom, e eu sou mau, como posso permanecer diante dele? Sendo ele reto (justo) e bom, como posso ser salvo, se eu sou pecador? 

A bondade e justiça de Deus foram manifestas por meio de seu filho, Jesus Cristo. Antes que houvesse luz, Deus já havia planejado a cruz. A cruz de Cristo é o centro da história humana. Por meio da cruz temos o ápice da revelação da justiça e do amor de Deus juntos. Conhecemos a justiça de Deus pois era necessário que o pecado fosse punido. Cristo paga pelos nossos pecados na cruz satisfazendo a justiça de Deus, levando sobre si a morte que era para ser nossa. 

Mas ao mesmo tempo, a cruz mostra o amor de Deus. O amor de Cristo, e não os cravos, foi o que o manteve pregado naquela cruz. Ele, sendo Todo-Poderoso, poderia ter descido, mas não o fez, por amor a nós. E a cruz nos mostra o amor do Pai. Eu tenho um filho de um ano e três meses. Se tivesse que escolher entre eu sofrer ou ele sofrer, eu escolheria sofrer por ele. Mas Deus, o Pai, enviou seu único filho para morrer em nosso lugar. A justiça e o amor de Deus plenamente revelados na cruz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: